Escolha uma Página

Paleta de cores para identidade visual: o que é e como criar

A paleta de cores para identidade visual é um documento onde são registrados todos os tons que podem ser usados nos projetos da marca. Essas cores fazem parte da imagem e ajudam na associação com a empresa.

12 nov 2021

Tempo de Leitura: 9 min.
paleta de cores para identidade visual

A paleta de cores para identidade visual construída da maneira correta agrega muito valor à imagem da marca e aumenta a sua visibilidade.

Você já deve ter ouvido falar em paleta de cores para identidade visual, mas pode não saber bem o que isso significa. Foi pensando nisso que criamos esse artigo, para te ajudar a entender melhor sobre essa parte tão importante para a imagem da sua marca.

Uma empresa que investe em uma paleta de cores adequada tem um retorno muito maior e diversos outros benefícios. Como por exemplo, a padronização de todos os seus projetos de marketing. São benefícios significativos para o crescimento efetivo da empresa e nos seus ganhos.

Mas antes de te mostrar mais vantagens, vamos começar a entender um pouco mais sobre a paleta de cores para identidade visual.

O que é paleta de cores para identidade visual

A paleta de cores para identidade visual nada mais é do que um conjunto de cores criado para determinada marca. Ou seja, é a definição das cores e suas variações que serão usadas na criação da logomarca da empresa.

Essa paleta de cores deve ser usada em todos os produtos onde a logo da empresa estiver, como, por exemplo, cartão de visita, flyer, folder, folder digital e até na assinatura de e-mail. Além disso, a paleta será usada no site e redes sociais.

No mundo da moda, para o design de interiores e ainda para o marketing criar uma paleta de cores é primordial para conseguir concluir um projeto com harmonia.

Manter o padrão de cores também é muito importante para aumentar o reconhecimento da sua marca. Para se ter um exemplo, um estudo realizado pela Quick Sprout mostrou que as cores ajudam os clientes a reconhecer uma marca até 80% a mais que empresas que não tem foco nas cores.

Agora que você entendeu o quanto as cores afetam seus clientes pode estar se perguntando como criar uma paleta de cores para identidade visual da sua empresa. Fica tranquilo que nós vamos te ajudar.

Para criar uma paleta de cores para identidade visual é preciso pensar em alguns pontos importantes. Como, por exemplo, quais as cores combinam com seu segmento no mercado, isso mesmo, cada cor transmite uma ideia.

Por isso é tão comum ver anúncios de comida com tons vermelhos, ou anúncios de empréstimos com tons azuis. Quer saber mais sobre a ideia que cada cor transmite? Nós te mostramos.

Significado das cores:

  • Amarelo: Cor aberta, alegre e vibrante. Transmite otimismo e aconchego.
  • Vermelho: Cor quente e muito dinâmica. Transmite a ideia de paixão, atividade e emoção.
  • Azul: Cor do trabalho e da produtividade. Transmite a ideia de confiança, sucesso e realização.
  • Verde: Cor forte, que acalma e traz natureza. Transmite a ideia de tranquilidade, bem estar e de frescor.
  • Branco: Cor neutra, mas muito significativo. Transmite a ideia de paz e simplicidade.
  • Roxo: Cor alegre e bem forte. Transmite a ideia de criatividade e resultado positivo.
  • Laranja: Cor vibrante e muito positiva. Transmite a ideia de recompensa e de merecimento.

O que é harmonia das cores

Mas não basta escolher as cores pelo seu significado, também é preciso harmonia em uma paleta de cores para identidade visual. Caso contrário o resultado é um projeto poluído e cheio de informações desnecessárias.

Assim como as cores certas atraem os clientes, o excesso de cores também afasta e diminui a atração pela sua marca. Isso foi confirmado pelo estudo da Quick Sprout, que mostrou que 85% dos clientes disseram ser influenciados pelas cores na hora de escolher uma marca ou produto.

Para facilitar o entendimento dessa harmonia existem alguns métodos, como o círculo cromático. Com ele é possível encontrar as cores que são complementares, cores compostas e cores decompostas.

Cores complementares

As cores complementares são tons que no círculo cromático ficam em posições opostas. Essas cores combinam bem e podem ser usadas em uma mesma paleta de cores para identidade visual, porém é preciso ter muita cautela.

Justamente por serem complementares elas são cores fortes que, quando não utilizadas na medida certa, causam exagero.

Cores complementares decompostas

Essa categoria compõe a junção de três cores que são opostas e sua junção forma um triângulo no centro do círculo cromático. Usando uma dessas combinações de cores o efeito é de grande contraste, mas mantendo a harmonia entre as cores.

Normalmente nessa combinação temos uma cor forte e duas mais suaves, podendo ser ainda uma cor quente e outras duas em tons frios. Com essa combinação não há muitas chances para erros, as combinações são ideais para qualquer projeto.

Cores análogas

As cores análogas são aquelas que estão lado a lado no círculo cromático, por isso temos uma cor mais vibrante e duas variações mais suaves. Essa combinação não tem erro, só precisa ter cuidado para que o contraste seja suficiente para não parecer tudo de uma cor só.

Se optar por cores análogas escolha uma cor vibrante que possa trazer mais vida ao projeto. A escolha da cor principal também pode ser pensada de acordo com o significado de cada tom.

importancia de ter a paleta de cores

Importância de ter uma paleta de cores para identidade visual

Ter uma paleta de cores para identidade visual traz muitas vantagens para qualquer empresa. Como por exemplo:

Facilita o planejamento do marketing

As estratégias de marketing são planejadas de acordo com cada detalhe contido na logo da marca, ter uma paleta de cores para identidade visual facilita esse processo. De acordo com as cores escolhidas é possível definir o tipo de linguagem usada em cada ação, por exemplo.

Outro ponto importante é na divulgação, já que as mesmas cores serão usadas nas artes para redes sociais. Depois de criar o nome da empresa, o melhor é definir as cores que farão parte do projeto.

Aumenta o reconhecimento da marca

Clientes têm muito mais facilidade de reconhecer uma marca quando existe um padrão de cores. Nós somos totalmente influenciados pelo visual e por isso, mesmo que não tenha a logomarca da empresa um cliente consegue reconhecer apenas pela combinação de cores.

Esse reconhecimento e identificação facilitam a aproximação do cliente aos seus produtos e ainda aumenta a confiança na marca. Ter uma paleta de cores para identidade visual também demonstra profissionalismo e comprometimento com seus clientes.

Padroniza a logo da empresa

Com base nessa paleta de cores, o designer cria um documento onde contém a logo da empresa e todas as suas variações. Seja para usar em uma assinatura de email, em cartão de visita, papel timbrado ou até mesmo online, esse documento é chamado de manual de identidade visual.

A padronização facilita o processo de criação e colabora ainda com postagens no Instagram e outras redes sociais.

Transmite a ideia da marca

Através das cores escolhidas é possível transmitir uma ideia, como já mostramos, cada cor tem um significado. Apenas pelas cores da marca já estamos mostrando um pouco de quem somos.

Influencia o processo de compra do cliente

Tudo no marketing é pensado para convencer o cliente de que ele precisa comprar seu produto ou serviço. Isso não é diferente com a paleta de cores para identidade visual. A escolha certa das cores de um projeto interfere diretamente na finalização de uma compra.

Usar essas cores em locais de alta visibilidade, como na capa para Facebook, é uma boa estratégia para converter seguidores em clientes.

como escolher as cores da paleta de cores

Como escolher as cores da paleta de cores para identidade visual

Agora que você já entendeu a importância de ter uma paleta de cores para identidade visual, é hora de efetivamente escolher as cores da sua marca.

Pense no seu segmento

Como já falamos, cada cor tem um significado ou transmite uma ideia. Por isso é importante entender quais as cores combinam com o seu segmento de mercado.

Por exemplo, se você trabalha no segmento alimentício, boas opções de cores são laranja, vermelho e amarelo, pois estimulam a fome e compras impulsivas.

Assim, basta analisar qual o sentimento você deseja que sua marca desperte em seus clientes. Esse é o jeito certo de começar o processo de definição dos tons da sua paleta de cores para identidade visual.

Pense na sua persona

Para criar o seu branding, com certeza sua equipe definiu uma persona. A persona é o perfil de um cliente que abrange a maior parte da sua clientela, ele é a base para a maioria das ações de marketing.

Então use essa persona para saber qual o público que você precisa alcançar, isso torna a escolha das cores mais fácil.

Observe os seus concorrentes

Uma boa estratégia antes de criar a sua paleta de cores para identidade visual é observar quais as cores usadas pelos seus concorrentes. O objetivo aqui não é copiar o estilo e muito menos as cores usadas, mas sim te ajudar a entender o que funciona e o que não funciona no segmento.

Não faça deste um processo pessoal

É preciso entender que esse processo é totalmente profissional e suas preferências não podem interferir na escolha. Aqui o que vale é pensar levando em consideração pontos já estudados e fatores importantes definidos.

Escolha as cores na proporção correta

Pensar nas cores é uma parte do processo que exige muita criatividade e pesquisa, tanto para não ter uma paleta de cores para identidade visual muito parecida com seus concorrentes, quanto para conhecer as cores que mais combinam com o seu segmento e a imagem da sua empresa.

Na hora de definir os tons que serão utilizados analise a lista que apresentamos com a descrição da mensagem transmitida por cada cor.

Também tenha cautela na proporção das cores, o ideal é selecionar uma cor quente em tons mais fortes para ser usada nos detalhes e pelo menos duas cores mais frias ou com tons mais neutros para o fundo e cor da logo. Isso ajuda a tornar seu projeto mais harmonioso e evita o exagero no uso das cores.

Contrate um profissional

O processo de criação de uma paleta de cores para identidade visual não é simples e isso você pode notar nesse texto. Então, se puder, contrate um profissional para elaborar a parte visual da sua empresa, o investimento vale a pena e o retorno é surpreendente.

Um designer participa desde a escolha do logo, das cores e até do tipo de papel para cartão de visita. O importante é ter um produto de qualidade que possa agregar valor ao nome da sua empresa.

O que você achou desse conteúdo?

Esperamos seu feedback nos comentários e que você volte sempre para conferir mais informações para crescer seu negócio.

Sobre o autor:

Dênis Ferreira - CEO da Hidrogênio Digital
Especialista em Marketing Digital, cursou Publicidade e Propaganda na Uniube e EFB na Kaplan, NY. Tem no marketing digital para pequenos e médios negócios sua paixão e busca a inovação a todo instante.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.